Blog do Bav



BRASIL, Sudeste, BELO HORIZONTE, SÃO JOÃO BATISTA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Automóveis, Esportes
border=0
 
   Arquivos

 
border=0
Outros sites

 Metodista
 Site mais doido de BH
 Quem gosta de carros
 Deca Campeão


Votação
Dê uma nota para meu blog



border=0
 


O historiador e a sua gaveta

 

Meu quarto estava muito bagunçado tinha de tudo em todos os espaços vagos: xerox da faculdade, Diálogos Pastorais, boletins da igreja, “Vem’s !!!”, cadernos do primário, smilingüidos de aniversário, carrinhos e mais um tanto de tralha. Coisas que são muitos mais que objetos, são marcas da minha vida. Tudo me lembrava um momento, uma pessoa, uma aula, uns sei lá o quê.

 

Mas minha mãe chegou chegando e mandou eu dar um jeito nisso, e eu tive que fazer uma dura seleção. Tive que selecionar o que lembrarei na próxima vez que for arrumar minha gaveta e, principalmente, decidir o que não é mais importante lembrar ou aquelas lembranças que me fazem mal.  Hoje meu quarto está limpo, bonito, mas sinto que ele perdeu parte de sua história, mas valeu a pena por que achei uma bela poesia dos meus tempos de colégio e a darei à vocês.

 

Dumont no Dom Orione em 11 de Setembro

 

É

Di

Fícios

Para que

Tantos

Edifícios altos, sublimes, intangíveis

Quando

As boas coisas estão bem perto lá no

Chão

Onde vivemos

Enquanto lá no alto homens de ternos

Gravatas, cigarros, malas pretas

Tentam

Decidir

Nosso gigantesco futuro de glórias

A gente só

Vive

Mas aí vem do leste

Um

A

Viã

O

E acaba com

A vida

Da gente

Lá de

Ci

M

A

E nós aqui em baixo nos igualamos aos lá de cima

Porque tinha lá um brasileirinho.

 

Bruno Alves Valverde



Escrito por Bruno Valverde às 11h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Vem²¹

Guia prático de sobrevivência na UFMG para calouros evangélicos temerem e veteranos rirem.

 

Galera a UFMG é o maior perigo do mundo para sua mente e para o seu corpo, mas vocês querem entrar lá por que é de graça, né? Então a solução é esse guia prático, sigam ele e sobreviverão pelo menos até o 6° período como eu. Ele foi elaborado com muito carinho por vários veteranos amigos meus.

 

1.     Se tem nome engraçado chuta que é laço!

A UFMG está repleta de coisinhas com nomes engraçados, evite todas elas. Se você não sabe o que é não procure saber. Não vá ao Milharal, nem ao Butica, nem ao Boteco da Bio, nem ao EletroFarma do Divã, nem à Carol ou B... da Raquel e nem ao Barracão.

 

2.     Corra das siglas

Estou convencido que as siglas são armadilhas contra os cristãos, portanto as evite; mas se for obrigado a ir em algum lugar que o nome seja um siglas leve uma Bíblia e um outro cristão com você. Não entre nem mesmo com mil Bíblias nos lugares que as siglas comecem com  “CA”,  cada curso tem um “CA” não entre lá; Não vá à nada que o DCE organize, sempre termina em pancadaria; não passe perto do “DA”, cada prédio tem um, lá tem sinuca video-game seria ótimo se não fosse o ambiente esfumaçado.

 

3.     Não vá à Escola de Belas Artes

Por dois motivos, é uma sigla EBA e todas as vezes que eu fui lá vi um povo correndo pelado numa suposta encenação teatral.

 

4.     Não vá ao I-Sex

É um prédio rosa cheio de homens, não preciso falar mais nada.

 

 

5.     Cuidado com o Velho da Flauta

É um senhor que ronda a Fafich (não entre na Fafich sozinho, é sigla) e o setorial (não vá ao setorial , nome engraçado), dizem ser um sacerdote egípcio e possuir poderes curativos ou não, ele libera esse poderes pela fala e às vezes pela sua flauta, logo se ouvir a flauta corra.

 

 

 

6.     Não vá à Escola de Veterinária

É sem dúvida o maior perigo da UFMG; os banheiros são invertidos a todo momento, ora o da direita é masculino ou é o da esquerda, o objetivo disso é evidente, né? Tenho informações de fontes internas que eles fazem sacrifícios de animais lá, a mesma fonte me disse que viu um grupo vestido com roupas brancas entrando numa sala, em uma Sexta-feira 13, de noite e que ninguém podia sair enquanto não visse o bode preto. Amigos, não passem nem perto deste lugar. 

 

 

7.     Não esperem o ônibus interno de noite

Não caia nesta besteira, era uma quarta-feira, 23:15, eu tinha ido ao Mineirão e voltei a campus para pegar a minha mochila, decidi esperar este ônibus. Demorou tanto que comecei a ter alucinações, eu vi, meninos eu vi! Um vendedor de cabideiros com três cabideiros andando nos campus deserto... interpretei aquilo como um sinal e decidi escrever esse guia prático para proteger vocês.

 

Se passarem na UFMG me levem em consideração!!!

Boa sorte e vida longa à todos,

Bruno Alves Valverde

 



Escrito por Bruno Valverde às 11h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Angelo Pimentel de novo!

http://www.blogdopaulinho.net/?p=32535

Abaixo, notícia publicada no blog do paulinho, sobre o grande Ângelo Pimentel qe junto com o Alexandre Faria tem um longo histórico de sucesso no futebol, tendo prestado grandes serviços ao América nos gloriosos anos 2000! 

Ângelo Pimentel, sócio de Luxemburgo, pode ter direitos cassados na CBF 

Ângelo Pimentel, sócio de V(W)anderlei(y) Luxemburgo

V(W)anderlei(y) Luxemburgo pode ter, nos próximos dias, um desfalque considerável no seu time de empresários de jogadores.

Seu sócio, Ângelo Pimentel, após derrota na CBF na tentativa de recuperar os direitos do jogador Maikon Leite, sofrerá ação pedindo cassação – dele e de sua filha – dos direitos de intermediar transações.

O processo será impetrado pelos advogados André Ribeiro e Breno Taruni, defensores do atleta palmeirense.

Na prática, Pimentel perderá o status de agente FIFA, situação que dificultará, e muito, novas inserções no mercado, marcado que está pelos recentes atos de imoralidade denunciados por este espaço.

Entre eles o “confisco” de R$ 500 mil de Rodrigo Tabata, segundo o próprio, desviado para os bolsos de Luxemburgo, além da intermediação do empréstimo do BMG para o Corinthians, dividindo comissão com seus dirigentes.

Motivo pelo qual Luxa já está se movimentando no Rio de Janeiro, e negociando como nunca, à sombra de dois novos colaboradores.

Um deles, parceiro de longa data, outro, empresário do ramo da “sorte”.



Escrito por Bruno Valverde às 10h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






A Igreja e a mídia

A presença de programas e até mesmo canais cristãos na televisão têm crescido bastante nos últimos anos. Além da Rede Record, pertencente à Igreja Universal, há a Rede Super, da Lagoinha e, pelo menos, mais um três canais da Igreja Católica, como o Canção Nova. Todas as redes de televisão têm horários comercializados com igrejas, a única exceção é o SBT. Nas rádios a situação é semelhante, sobretudo nas rádios comunitárias.

 A Igreja Metodista é das Igrejas de Missão a que tem o menor espaço na mídia e vira e mexe ressurge a proposta de se investir mais nesse setor. Todavia, uma pergunta deve ser feita à metodista e às demais igrejas – Para quê gastar dinheiro com isso? A Universal, por exemplo, gasta uma fortuna com a Record, mas seus programas não possuem caráter missionário, pelo contrário, se caracterizam como programas comuns, que poderia ser vistos em qualquer outra canal, ou você acha que A Fazenda tem algum valor positivo para o Reino de Deus? O mesmo pode-se dizer dos programas de exorcismo feitos pela Igreja Mundial do Poder de Deus.



Escrito por Bruno Valverde às 10h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Alguns podem dizer que a TV auxilia no evangelismo. Até concordo, desde que alguém me convença que uma pessoa incrédula vai parar sua frenética troca de canais numa madrugada ou numa manhã de sábado e ouvir um sermão pela metade. Defendo que o uso da mídia pela Igreja seja feito com fins evangelísticos, sendo assim, parece claro a ineficácia do uso da televisão. Um espaço caro e que não fala às pessoas individualmente, mas como massa. As grandes mudanças e revoluções ocorridas nos últimos anos em termos de comunicação não se deram nos meios de comunicação em massa, mas nos blogs, micro blogs e redes sociais; estas ferramentas possibilitam uma comunicação direta, com um custo muito reduzido. Barack Obama e Marina Silva obtiveram bastante sucesso em suas campanhas presidenciais utilizando-as. É aí que as igrejas devem investir e alcançar as pessoas uma a uma, levando-as a conhecer Cristo e não os Silas, Edir, Márcio, RR e outros. Talvez seja justamente por isso que se opta pela TV, na TV os nomes são mais conhecidos que o Cristo e assim ajudam alimentam vaidades e projetos políticos pessoais.

Bruno Alves Valverde – 28/06/2011



Escrito por Bruno Valverde às 10h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Céu no meu coração

Acabo de chegar de Vitória e lá conversei com pessoas dessa e de outras cidades como Além Paraíba e Governador Valadares(MG), entre um assunto e outro emergia a questão da violência urbana; ao chegar em Belo Horizonte a primeira notícia que li é a de (mais) um ônibus incendiado, desta vez na porta da casa de uma colega de trabalho.

Diante dessas coisas é impossível negar que este mundo está se acabando, a morte e o medo rondam a nossa sociedade. Os intelectuais que procuram combater essa realidade parecem não enxergar que violência e drogas andam lado a lado. Nossa sociedade tenta sair do buraco cavando novos buracos. Como continuar a viver assim? Onde encontrar esperança?

A esperança não está nos políticos, nem nos cientistas, nem nos intelectuais, nem em ideais. A esperança é Cristo, com Cristo sempre dá certo. "Haja o que houver a que tempo for" com Cristo nós podemos enfrentar as lutas e viver com alegria nesse mundo corrompido.

Quando aceitamos Cristo em nossas vidas e o chamamos para subir no barco conosco, o Céu, o Paraíso, a vida Eterna começam aqui na Terra mesmo - é o Céu no nosso coração. Assim podemos ter a convicção que viver é Cristo e o morrer é lucro, desse jeito, o Mundo não pode nos amedrontar e a vida aqui é possível.

Nossa missão: mostrar a nossa sociedade que mesmo aqui na Terra podemos viver o Céu.

 

Com Cristo No Barco

Com Cristo no barco tudo vai muito bem,
vai muito bem, vai muito bem.
Com Cristo no barco tudo vai muito bem
e passa o temporal.

Passa o temporal,
Passa o temporal.
Com Cristo no barco tudo vai muito bem,
e passa o temporal

 

 



Escrito por Bruno Valverde às 07h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Palpites Brasileirão 2011-série A

Taí, podem me cobrar daqui a 6 meses se num acertar tudo:

1. Santos

2. Cruzeiro

3. Corinthians

4. Coritiba

5. Atlético Mineiro

6. Internacional

7. Grêmio

8. São Paulo

9. Atlético Goiás

10. Ceará

11. Fluminense

12. Flamengo

13. América

14. Palmeiras

15. Figueirense

16. Avaí

17. Botafogo

18. Vasco

19. Atlético Paranaense

20. Bahia 

 

Sobem da série B: Criciuma, Vitória, Náutico e Sport. Caem para a série C: Vila Nova, Ponte Preta, Gêmio Barueri e Duque de Caxias.



Escrito por Bruno Valverde às 09h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Porque acho a Igreja Gay uma vergonha para os evangélicos

Por Hermes C. Fernandes
http://www.hermesfernandes.com/2011/05/porque-acho-igreja-gay-uma-vergonha.html

Definitivamente, a igreja evangélica brasileira não está preparada para discutir um assunto tão polêmico como a homossexualidade. Falta maturidade, finesse, e sobretudo, amor.

Por que acho que é uma vergonha para os evangélicos que haja uma igreja gay? Simples. Esta igreja só surgiu para preencher uma lacuna deixada pela igreja evangélica. Se os gays fossem acolhidos em nossas comunidades, a fim de que fossem expostos à Palavra de Deus, eles não teriam qualquer razão para buscar uma igreja dedicada exclusivamente a eles.

Não estou dizendo que as igrejas deveriam legitimar sua conduta. Não! Apenas afirmo que devemos ser mais misericordiosos, compassivos, agindo mais ou menos como nosso Mestre agiria.

Me recuso a acreditar que Jesus os rechaçaria. Também não acredito que Ele estimularia que Seus seguidores se entrincheirassem contra os homossexuais, como tem sido feito.

Tornamo-nos seus inimigos número 1. Como poderemos evangelizá-los? Como poderemos conduzi-los aos pés do Salvador?

Será que somos melhores do que eles? Será que nossa avareza, idolatria, inveja, carnalidade, ocupam um lugar de menor importância dentro da lista de pecados condenados pela Palavra?

Sinceramente, creio que a Igreja deveria se manifestar solidária a todo grupo humano minoritário que buscasse ser respeitado. Sem endossar qualquer que fosse a conduta pecaminosa, deveríamos comprar uma briga pelas prostitutas, homossexuais, seguidores das religiões afro-brasileiras, ciganos, etc.

Te escandalizei?

Pois o Cristo a quem sirvo também escandalizou os religiosos pudicos de Sua época ao colocar-se em defesa da mulher adúltera, desmascarando a pseudosantidade dos religiosos que queriam apedrejá-la.

Tornamo-nos tão diferentes de Jesus. Estamos sempre do lado errado. Do lado dos poderosos, dos mantenedores do Status Quo, dos corruptos, dos salafrários.

Repito: não acho que devemos baratear a mensagem do Evangelho, endossando qualquer conduta que não se coadune com seus valores e princípios.

Porém, acredito que devemos usar de misericórdia, tanto quanto dela necessitamos. Afinal, são os misericordiosos que alcançarão misericórdia.

Nunca vi ninguém se converter no calor de uma discussão.

Se queremos ser respeitados, devemos, antes de tudo, respeitar, mesmo o mais vil pecador. Não somos melhores do que eles.

Que tal se olharmos para nós mesmos como fez Paulo, que considerou-se o principal dos pecadores?

Que tal se deixarmos de olhar para o outro de cima pra baixo, e considerar-nos igualmente carentes da graça de Deus?

Que o Projeto de Lei 122 precisa de ajustes, não resta dúvida. Mas não será com xingamentos e ataques que vamos reverter isso.

O que não se pode negar é que o debate serve mesmo é a interesses políticos daqueles que se fiam na ingenuidade do povo evangélico para se elegerem.

Igreja nenhuma deveria sentir-se ameaçada por qualquer que seja a PL. Faz-se um escarcel danado para que os crentes pensem que a tal "ditadura gay" vai obrigar às igrejas a aceitarem e celebrarem o casamento entre pessoas do mesmo sexo. E assim, os propineiros vão se elegendo e agradecendo ao deus Mamom pelas "graças" recebidas.

Bem... Esta é minha humilde opinião. Você tem todo o direito de discordar.


Escrito por Bruno Valverde às 10h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Coisas que não existem mais

O tempo passa e algumas coisas vão sumindo. Perde-se o cabelo, a visão, a força, a agilidade, a audição. Os carros perdem a cor, o cheirinho de novo. Os computadores perdem a novidade, a beleza. Nossas casas também têm perdido.

Há alguma tempo, as cozinhas e banheiros eram do lado de fora das casas, por causa do fumaceiro do fogão a lenha e dos inconvenientes de uma fossa. Depois ambos foram incorporados ao ambiente da casa. As cozinhas cresceram, ganhaam feezer, geladeira, microondas, forno elétrico, fogão, exaustor, armários, televisão, som, mesa de café. Os banheiros também cresceram, ganharam chuveiros (um ou dois), vaso sanitário, bidê, box, espelho, armário. Um casa de clásse média tinha: Quartos, quarto de empregada, quarto de visita, sala de estar, sala de tv, sala de jantar, cozinha, banheiros, varanda, alpendre, dispensa, lavanderia, terreiro e garagem. Foi o momento de esplendor da casa, ela cresceu.

Porém, nos últimos anos a casa entrou em crise e passou a diminuir. A sala de jantar uniu-se a cozinha, perdeu as paredes virando cozinha americana; ou então juntou a sala de TV e virou sala para dois ambientes, mas tudo isso num só espaço. A sala de estar foi simplesmente deletada, assim como o quarto de empregada e a função de empregada, substituída pela de diarista. O terreiro virou outra casa. O cachorro foi morar na varanda junto com o carro que perdeu sua garagem. O quarto de visita foi alugado para um primo do interior que veioe staudar na cidade.

Quando se tornou impossível reduzir ainda mais as casas, elas SUMIRAM. Foram eliminadas e em seu lugar construídos prédios de apartamentos. Os apartamentos podem ter muitos quartos, mas o espaço é o mesmo, o que muda é o número de paredes. Nos apartamentos a lavanderia se uniu a cozinha. As varandas e garagens foram coletivizadas, ficam todas reunidas em um mesmo lugar para uso de todos. As salas de jantar também sofreram o mesmo processo, se tornando um espaço gourmet, que todos usam desde que reservem com a síndica e jurem colocar o som bem alto no domingo a tarde.  No edifício JK no centro de BH, a lavanderia foi coletivizada também, que nem nos filmes dos EUA.

Diante de tanta redução, alguns móveis e utensílios domésticos estão sumindo como: bidê, penteadeira, baú, criado-mudo, estante, buffet, sofás de 5 lugares, freezer, cama (só existe cama box)...

Daqui a pouco, vamos viver em uma casa muito engraçada a la Vinícius de Morais, salve-nos Luciano Hulk!!!

A Casa

Vinicius de Moraes

Composição : Vinicius de Moraes

Era uma casa muito engraçada

Não tinha teto, não tinha nada

Ninguém podia entrar nela, não

Porque na casa não tinha chão

Ninguém podia dormir na rede

Porque na casa não tinha parede

Ninguém podia fazer pipi

Porque penico não tinha ali

Mas era feita com muito esmero

na rua dos bobos numero zero

 

 



Escrito por Bruno Valverde às 09h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Casamento Gay

Olá meus amigos, faz parte da minha formação como Cristão Metodista e como Historiador não evitar assuntos polêmicos, pelo contrário, prefiro encarar e discutí-los abertamente. Ontem dia 05 de Maio de 2011, o Supremo Tribunal Federal reconhecer as uniões estáveis de homossexuais no país. Os ministros presentes entenderam que casais gays devem desfrutar de direitos semelhantes aos de pares heterossexuais, como pensões, aposentadorias e inclusão em planos de saúde.

Decisão acertada. Não sou contra nem a favor da união homoafetiva; todavia se duas pessoas do mesmo sexo, decidem viver como casal eu não tenho nada a ver com isso. Como isso já ocore, o STF apenas reconheceu direitos a estas pessoas. Acreditar que essa decisão incentiva a proliferação da homossexualidade é tão ridículo quanto pensar que uma decisão contrária faria as uniões homoafeitvas deixarem de existir.   Você pode até não concordar, mas que elas existem, existem e devem ser respeitadas.

Todavia, considero que a homossexualidade esteja relacionada a fatores espitiruais e psicológicos, sendo sobretudo um opção indivídual. Neste sentido, creio que a intenção de se estender o dirieto de adoção aos homossexuais deve ser profundamente discutido. Se por uma lado sou contra, por considerar que as crianças não teriam o direito de realizar a opção de serem criadas em uma família hetero ou homoafetiva; por outro lado, acho que as crianças prefereriam receber o amor do que ficarem por anos nas filas de adoção.

Será que as famílias que abandonaram essas crianças eram hetero ou homo afetivas? Será que os filhos criados por casais homoafetivos serão homossexuais? Inverta a pergunta e descubra a resposta - Será que os filhos criados por casais heteroafetivos serão heteressexuais?

Com relação ao casamento religioso de homoafetivos não é um problema de Estado, mas um problema de cada uma das religiões. Elas que decidam por si se aceitam ou não esse tipo de união. Nenhuma Igreja pode ser discriminada por não aceitar realizar esse tipo de casamento. Pessoalmente, sou contrário, tenho convicção de que Deus não se agrada desta prática. O casamento foi feito para unir homem e mulher. Maior convicção eu tenho de que Deus ama os homossexuais e que nós, a Igreja, devemos estar prontos a recebê-los em nosso comunhão e caminharmos juntos rumo a Salvação deixando nossos pecados para trás.   



Escrito por Bruno Valverde às 08h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Bin Laden

Mais uma mega produção da arte, desde 2001 a vida e a arte se tornaram um só coisa para o governo dos EUA.

A vida e morte de Bin Laden reúne o aspectos de Independecy Day (1996), Impacto Profundo (1998), Armageddon (1998), com um pouco de Jack Bauer e Bones, uma dose de Onde está Wally e muito de V de Vingança.  Por que? Diria Marília Gabriela.

O Atentado de 11 de Setembro era visto como um acidente aéreo, cena de filme ou propaganda de algo, nunca como um ato terrorista. De lá para cá começou a caça ao Wally, usando as táticas de Jack Bauer. Agora fingiram que o mataram assim como fizeram com o V em V de Vingança e somente Bones poderá provar que aquela foto não era de Bin Laden.

Falando sério,se pagar o Caetano Veloso, colocar barba e turbante fica a cara do Bin Laden, fica igual àquela foto. Mataram o cara com um tiro na cabeça, acabando com as possibilidades de torturá-lo usando as táticas do Jack Bauer, destuíram o corpo seguindo tradições de um Islamismo que só os doutos soldados conhecem e fizeram um teste de DNA para provar que o morto era o Bin Bin, tido como prova definitiva. Poxa, a família do cara tem mais de 300 milhões de membros, o sangue de qualquer um poderia se passar pelo de Bin Bin.

Meu medo é que aconteça como no V de Vingança, lá também fingiram matar o rebelde, lá também a mídia servia ao Estado, lá também a Sociedade abriu mão da Liberdade pela Ordem, lá o V voltou para se vingar e aqui?

 

 



Escrito por Bruno Valverde às 15h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Seinfield

As séries de TV dos EUA sempre fizeram muito sucesso no Brasil. Macgyver, Mad about you, Dallas, Plantão Médico, Melrose, Barrados no Baile e outros representantes do gênero fazem parte da nossa vida pelo menos desde os anos 70'.

Só que a minha geração passou a consumir estas séries em massa e com uma diversidade incrível. É difícil encontrar pessoas que tenham as mesmas 3 séries favoritas, eu por exemplo sou fã de Seinfield (1989-1998), Friends (1994-2004) e Bones (2003). Gosto de todas, mas nenhuma delas me envolve tanto quanto Seinfield.

Me sinto como se fosse amigo dos personagens, as vezes fico com medo do Kramer abrir minha porta correndo e ir assaltar minha geladeira, ou então de encontrar com o Constanza no trânsito. Acho incrível. Mas é difícil pra mim gostar deles tanto, porque tem uns intervalos nos episódios nos quais assitimos trechos do show de stand up comedy do Seinfield. Eu quase explodo de tanto rir das crônicas dele, sua percepção incrível da comicidade cotidiano e da capacidade de interpretar isso para o público é fantástica. Então, por que é difícil gostar de algo tão bom?

É difícil por que eu acho que eu sou o Seinfield, ou pelos menos poderia ser, temos um humor muito parecido mas ele ficou famoso, até nosso cabelo é parecido mas ele que foi escolhido para fazer a dublagem do Bee Movie. Até tenho amigos estranhos como Seinfield, vide: Daniel, Feijão e Suéllen.

Queria me mudar para o mundo de Seinfield.

 

 

 

  



Escrito por Bruno Valverde às 12h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Não há erro imperdoável

A Bíblia, a mídia e a vida nos apresentam diversas histórias de homens e mulheres tementes a Deus que cometeram erros.

Numa lista curta temos: Abrãao, Rebeca, Jacó, Moíses, Eliseu, Davi, Pedro, Martinho Lutero, João Wesley, Caio Fábio e talvez até algúem que esteja bem perto de você que lê esse texto agora. No rol dos pecados por eles cometidos temos os seguintes verbos: matar, roubar, enganar, trair, mentir, acovardar-se, vangloriar-se...

Mesmo assim, estas pessoas são reconhecidas como Pai da fé, profeta, Homem segundo o coração de Deus, Rocha, refomadores, Homens de fé.

Mas como isso é possível? Estas pessoas cometeram erros que aos nossos olhos são imperdoáveis, mas elas pediram perdão a Deus e buscaram não mais errar. E por isso Deus operou coisas grandiosas através de suas vidas, pois o poder para tal não vem deles, mas de Deus.

Não há erro que seja imperdoável, basta que nos arrependamos e ele restaurará tudo!!! 

 



Escrito por Bruno Valverde às 09h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Demos asas à nossa indignação

Que notícia maravilhosa tive hoje, na verdade três notícias.

O Governador AAA anunciu num taca só que: não será candidato em 2014, Edmar Moreira (deputado do Castelo) está exonerado e Wellington Magalhães também.

Edmar Moreria e Wellington Magalhães estão com "problemas" na justiça e se tornaram "ficha suja" não podendo ser eletios para cargos públicos. Mesmo assim, o governador AAA nomeou ambos para cargos na administração do Estado.

Após uma pressão da sociedade atavés da imprensa e também do Facebook e outras redes sociais, ambos foram exonerados. Quer dizer, nossa indignação contra essas coisas conseguiu voar para além das janelas de nossas casas.

Continuemos assim.

 



Escrito por Bruno Valverde às 07h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Um presente da regenta

Abaixo, a letra de uma das mais belas canções que já ouvi, um presente da minha antiga regente - Débora Andrade.

 

Pra Sempre Fiel - Carol Cymbala e Russel Mauldin

Em momentos de dor, se tudo perde o valor. Em amor, há um Deus que é para sempre Fiel.

E quando as forças se vão e não há mais canção. Em amor, Deus se mostra fiel.

Suas promessas invadem meu ser, o impossível ao meu olhar, vi meu Deus fazer.

Para sempre Ele é fiel.

 

Muitas vezes pequei, do Seu caminho me afastei. E perdido no mundo andei.

Mas seu amor me alcançou e do mal me libertou me abraçando com terno cuidar.

Qual criança eu volto a ser e nos braços paternos Seus posso então me envolver,

Pois prá sempe, Ele é Fiel. Seu amor é bem maior do que o céu.

Meu coração muitas vezes, questionou Seu agir; mas para sempre fiel a mim!

 



Escrito por Bruno Valverde às 14h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
border=0